terça-feira, 11 de outubro de 2011

Deus e o Mundo

...
Deus e César, a Igreja e a democracia, a fé e a política, a religião e a sociedade, são afinal duas faces da mesma moeda, ainda que muitos queiram o contrário: uns, no mundo da política, porque gostariam de reduzir a fé cristã a uma devoção privada, sem efeitos práticos na vida social; outros, porque, escondidos no interior da Igreja, prefeririam não sujar as mãos, na transformação real do mundo.
...
Ora, a moeda que queremos valorizar é a mesma: a pessoa humana e a sua dignidade, na qual está inscrita a imagem de Deus. É em nome dessa «inscrição» da imagem de Deus, no rosto da pessoa humana, que o cristão é chamado a promover a justiça, com o sentido da caridade.
...
Portanto, a ordem política, social e económica diz respeito ao cristão e à Igreja. Não no sentido, de que o cristão ou a Igreja formem ou apadrinhem um «partido», mas na certeza de que devemos «tomar sempre partido» por tudo quanto diz respeito à promoção da dignidade da pessoa humana.

Sem comentários: