quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Dar TESTEMUNHO...


A Palavra de Deus, neste domingo (30 de outubro de 2011), alerta-nos para a importância do ser, da harmonia entre o dizer e o fazer, da coerência entre o ensino e a vida.
--
Jesus denuncia os «mestres da suspeita», que dizem mas não fazem. Sentam-se na cadeira, como Mestres, mas não gozam da autoridade como testemunhas. Podem ser ouvidos, mas não devem ser seguidos. São bons instrutores. Mas péssimos educadores. É uma denúncia que visa sobretudo a classe religiosa e sacerdotal, mas que atinge indirectamente todos aqueles sobre quem recai o dever e a nobre missão de educar.
--
Fica claro - dizem os nossos Bispos em Carta Pastoral sobre a Educação - que «a autoridade do mestre, em educação, passa mais pelo que ele vive e faz e não só pelo que diz. O testemunho da vida é a forma simples e espontânea de irradiar valores e a credencial das palavras que se comunicam» (CEP, Educação, 14).

Sem comentários: