quarta-feira, 29 de julho de 2020

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

 
Solenidade de Apresentação do Senhor ao Templo (festa da Nª Srª das Candeias
A Festa é comemorada no dia 2 de fevereiro com a celebração da eucaristia (este ano é na proxima segunda feira as 08H25 com a benção das velas )
A invocação de Nossa Senhora das Candeias ou Nossa Senhora da Purificação, Candelária ou Luz, remonta aos primórdios do cristianismo. Segundo o preceito da lei mosaica, todo filho varão deveria ser apresentado no Templo quarenta dias após seu nascimento. A mãe, considerada impura após o parto, deveria ser purificada em uma cerimônia especial. Nossa Senhora, submetendo-se a esta determinação, apresentou-se com o Menino Jesus no recinto sagrado dos judeus.
Esta festividade dos luzeiros foi denominada “das candeias”, porque comemorava-se o trajeto de Maria ao templo, com uma procissão, na qual acompanhantes levavam na mão velas acesas.
A procissão dos luzeiros provém de um antigo costume romano, pelo qual o povo recordava a angústia da deusa Ceres, quando sua filha Prosérpina foi raptada por Plutão, deus dos infernos, para tomá-la como companheira do Império dos Mortos. Esta tradição estava tão arragaida, que continuou mesmo entre os convertidos ao cristianismo. Os primeiros padres da Igreja tentaram eliminá-la, mas não conseguiram. Como aquela festa sempre caia no dia 2 de fevereiro, data em que os cristãos celebravam a Purificação de Maria, o papa Gelásio (492-496) resolveu instituir um solene cortejo noturno, em homenagem à Maria Santíssima, convidando o povo a comparecer com círios e velas acesas e cantar hinos em louvor de Nossa Senhora.
Esta celebração propagou-se por toda a Igreja Romana e, em 542, Justiniano I instituiu-a no Império do Oriente, após ter cessado uma peste. Na liturgia atual a solenidade denomina-se “Apresentação do Senhor”, mantendo-se antes da missa a tradicional bênção de velas com procissão.
 
 

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

dia da Bençãos dos Padrinhos aos afilhados da catequese de Arouca
10/01/2014 na missa vespertina as 17H00.
 
 

quinta-feira, 9 de outubro de 2014






Celebração dos fieis defuntos 
Horário das eucaristias e procissões

Sabádo 01 de novembro de 2014

 09h30: Igreja de Cabreiros com procissão a seguir.
11H00: Igreja de Albergaria da Serra com procissão a seguir.
15H00: Igreja de Moldes com procissão a seguir.

Domingo 02 de novembro de 2014

08H00: Igreja de Arouca com procissão a seguir.
09H30: capela de Vila Viçosa com procissão a seguir.
09H30: Igreja de Santa Eulália com procissão a seguir. 
09H30: Igreja de Janarde com procissão a seguir. 
11H00: Igreja de Espiunca com procissão a seguir.
11H15:  Igreja de Arouca, celebração sem procissão.
14H30: Capela de Silveiras, celebração da palavra com procissão a seguir.
15H00: Igreja de Rossas, com procissão a seguir .
15H00: Igreja de Canelas com a procissão a seguir.




"Os discípulos são aqueles que se deixam conquistar mais e mais pelo amor de Jesus e marcar pelo fogo da paixão pelo Reino de Deus, para serem portadores da alegria do Evangelho. Todos os discípulos do Senhor são chamados a alimentar a alegria da evangelização". Extracto da mensagem do papa Francisco para o dia mundial das missões.

quarta-feira, 2 de julho de 2014


CONSAGRADA POR DEUS E PARA DEUS

Profissão religiosa de Lara Marli



Realizou-se no passado dia 14 de Junho, em Ciudad Real (Espanha) a profissão religiosa da jovem arouquense Lara Marli Saavedra Tavares.

Filha de José de Almeida Tavares e de Maria do Céu Alves Saavedra, Lara Marli concluiu o Curso de enfermagem em 2010, na Escola Superior de Enfermagem do Hospital de S.João no Porto, tendo posteriormente frequentado a casa das Religiosas de Maria Imaculada, em Córdova durante dois anos. De Córdova passou para Ciudad Real onde fez o Noviciado durante dois anos, acabando por professar com a idade de 25 anos.

Além de várias religiosas das diversas casas que a Congregação tem em Portugal, estiveram presentes nas cerimónias da profissão religiosa da Lara os seus pais, sua irmã Cátia e algumas das suas amigas mais próximas.

Após a sua profissão a Lara passou a residir em Braga, numa das 5 casas que esta Congregação possui em Portugal e que estão localizadas em Braga, Porto, Fátima, Lisboa e Açores.

Refira-se que as Religiosas de Maria Imaculada, tradicionalmente chamadas “do serviço doméstico”, possuem 120 casas espalhadas por 20 países. Esta Congregação religiosa foi fundada em 1876 pela madre Vicenta Maria Lopez y Vicuña, nascida em Navarra em 1847, tendo sido canonizada pelo Papa Paulo VI em 25 de maio de 1975.

O primeiro contato desta jovem arouquense com as Religiosas de Maria Imaculada inicou-se quando ela, ainda estudante universitária, frequentou um lar para Estudantes dirigido por estas religiosas na cidade do Porto.

Registe-se ainda que, desde muito jovem, a Lara se integrou ativamente na comunidade arouquense, fazendo parte da Banda Musical de Arouca onde tocou trompa e percussão, durante vários anos, tendo deixado esta associação musical em 2010. Além da música, praticou desporto, nomeadamente futebol feminino, participou em actividades dos Lyons, foi acólita na sua paróquia, fez parte do grupo dos ADS do Movimento Juvenil Salesiano, integrou a Assembleia de Escola na ESA e fez parte da pastoral universitária do Porto.

Desejamos a esta jovem religiosa arouquense as maiores felicidades para esta nova etapa da sua vida.

José Cerca

                      catequese de Arouca