quinta-feira, 16 de julho de 2009

Como vai o nosso descanso?!...


«Vinde comigo para um lugar isolado e descansai um pouco».

Boas palavras as do Mestre. Para aprendizes de Pastor, a Ele chegados e cansados, ao cabo da sua primeira experiência missionária. E são palavras boas para quem chega “todo partido”, ao fim de mais um ano laboral, escolar ou pastoral.

O próprio Jesus, de vez em quando, afastava-se das suas muitas ocupações. Havia doentes para curar, multidões a quem instruir e matar a fome, pecadores para converter, pobres que era preciso ajudar e consolar, discípulos para orientar... No entanto, embora todos O procurassem, Ele sabia retirar-se, sair da povoação e ir para uma montanha, a fim de estar só com o Pai (Mt.1,35; Lc.5,16). Era como se regressasse a casa. No seu colóquio pessoal e silencioso encontrava as palavras que depois diria ao seu povo (Jo.8,26); compreendia melhor a sua missão; recuperava as forças para enfrentar o novo dia.
E Jesus quer que também nós façamos o mesmo: «Vinde comigo para um lugar isolado e descansai um pouco». (AG03)

1 comentário:

M.M. disse...

E, se Ele precisa de descanso e reflexão que diremos nós?
Eu, digo: na canseira de hoje, é desumano que o Pastor não se afaste também para poder recuperar. Boas Férias!