quinta-feira, 15 de abril de 2010

É o Senhor!


Depois da aventura, a morte de Jesus põe fim ao sonho. Há que voltar ao lago de Tiberíades, à barca, à pesca. Há que reinventar a vida. Há que retomar projectos antigos e caminhos já percorridos. Há que re-utilizar as redes e pescar. Mas é noite, abunda o cansaço e faltam os peixes.

É então que, como outrora, naquele mesmo lugar, Jesus re-aparece e de novo os reúne e desafia a lançar as redes para o outro lado. E eles, re-animados agora pela palavra, e ainda não totalmente rendidos à sua incapacidade, lançam as redes. E eis que o milagre da abundância os faz (des)confiar: É o Senhor, é o Ressuscitado. E Pedro, tantas vezes tardo em compreender mas impulsivo como sempre, lançou-se ao mar para afogar a vergonha da negação e para se reconciliar com o Senhor.
...

Sem comentários: