quinta-feira, 14 de abril de 2011

No Domingo de Ramos da Paixão do Senhor...


Diz o Salmo primeiro da Bíblia:

«Feliz o homem que se compraz na lei do Senhor e nela medita dia e noite. É como árvore, plantada à beira das águas: dá fruto a seu tempo e a sua folhagem não murcha».

Toda a tradição cristã viu, na árvore plantada, à beira das águas, um símbolo da Cruz de Cristo, árvore da Vida, da qual recebemos os frutos. A árvore conhece-se pelos frutos. 0 fruto da árvore da cruz é Jesus Cristo, vivo e ressuscitado. Os braços abertos de Jesus na cruz indicam a universalidade do fruto que Ele veio trazer - a vida nova, a vida n'Ele, - que a todos atrai.

Na árvore da cruz, Jesus tornou-se fonte e fruto de vida nova para todos. Desde então, para "ter a vida eterna", para comer da árvore da vida, é necessário "acreditar" no fruto levantado, no fruto saboroso da árvore da Cruz: Cristo Jesus.

Sem comentários: