terça-feira, 24 de março de 2009

Opinião RR - Liberdade e tolerância... só para alguns

"Os pretensos tolerantes transformam-se rapidamente em intolerantes quando o tema é Igreja ou Papa.

Nestes dias, por causa da visita do Papa a África, tornou-se moda ofender a Igreja, Bento XVI e o que quer que este diga ou faça.

Tudo começou, aparentemente, por causa das afirmações sobre o preservativo. Foi o argumento ideal para que os doutores da lei da actualidade desatassem a vociferar toda a raiva contra a igreja e a sua doutrina.

É curioso como, num mundo em que as palavras "liberdade" e "tolerância" são divinizadas, é concedida tão pouca liberdade e há tão pouca tolerância em relação à Igreja Católica e ao seu ensinamento.

Os pretensos tolerantes transformam-se rapidamente em intolerantes quando o tema é Igreja ou Papa e o motivo é simples: num mundo em que o relativismo impera, é insuportável que alguém afirme uma certeza e defenda que uma só é a verdade.

É por isso que, nos últimos dias, ouvimos e lemos de tudo na nossa comunicação social: que o Papa foi a África falar de caridadezinha, de braço dado com os ditadores esquecendo o povo, que o Papa deve olhar para os africanos de forma diferente e por isso defender o uso do preservativo,

E houve mesmo quem se questionasse como é possível que a Igreja ainda exista nos tempos de hoje?

Tudo afirmações que os factos da realidade se encarregam de desmentir."


Raquel Abecasis, In Rádio Renascença, Opinião de 23-03-2009

8 comentários:

Anónimo disse...

Mas afirmar uma certeza? Qual certeza? Uma certeza do Papa? Um mundo de tolerancia e liberdade... É esta a tolerancia e a liberdade, em que voces rejeitam as criticas?? Que sabem voces mais do que os profissionais da saude? Claro que o Papa é criticado e muito bem... As pessoas vão engolir tudo o que ele diz? Gostaria de os ver com SIDA e depois dizer isto! Usem o cerebro que Deus vos deu...

A Igreja devia estar aberta a sugestões e mudanças! O valor da vida... onde está?

Cumprimentos

A igreja NÃO tem qualquer fundamento ao defender o o não uso do preservativo!

Anónimo disse...

Ao devoto do santo preservativo!
...............................

É simplesmente redutor
e minimalista o modo de ver
dos meios de comunicação sociais
portugueses da visita do Papa Bento XVI a Angola!
Quiseram ensanduichar o Papa entre o preservativo e a sida!
E Sua Santidade sem culpa nenhuma!
Se o Santo Padre e a Igreja colocam o aparecimento dos filhos
como um dos fins principais do matrimónio,
aqui d’El Rei!
Os que assim falam
e escrevem … se assim não fosse não teriam nascido e aparecido!
Que o preservativo é o único salvador da sida e do mundo!
É muita presunção!
Se assim fosse ao tempo que já existe o preservativo já à sida lhe tinha dado o fanico!
Para além do preservativo
há a virgindade,
a continência,
a castidade,
a fidelidade em casais puros
e não contaminados!
Como diziam dois jovens estudantes de medicina suecos
que até nem católicos:
“se um e uma adolescente ou jovem tiveram vida afectivo-amoroso-sexual,
sendo ambos saudáveis, não contaminados,
sendo fiéis um ao outro nunca contrairão a sida!”
Eu até acredito!
O PÁ CALMA!
ASSIM NÃO DÁ,
POIS AGORA É TUDO UMA BAGUNÇADA,
UMA PROMISCUIDADE!
TUDO MEIA BOLA EM FORÇA!
TUDO AO MOLHO E FÉ EM DEUS!
Claro que assim não dá!

http://www.youtube.com/watch?v=LyR0UtaPqVc

Anónimo disse...

Meu caro amigo... Eu também sou estudante de Medicina!Gostaria desde ja dizer, que dentro de um casal não contaminado é claramente impossivel a transmissão do virus HIV. E nao é preciso estar em Medicina para perceber isso. É claro que num casal nessas condições não ha necessidade do uso do preservativo, apenas por uma questão de planeamento familiar. Agora o que acontece muito nos paises africanos, é que as crianças ja nascem infectadas por via da mãe! Então, esses individuos, nunca poderão ter uma vida sexual? Ou então têm, mas infectam terceiros... é preciso ponderar bem a questão. E falamos só em SIDA, mas existe uma variedade de doenças sexualmente transmissiveis, como a sifilis, gonorreia, etc.
O preservativo seria um instrumento eficaz para a redução do nº de infectados com a SIDA. Acontece que nem toda a gente o usa, e principalmente nessas regiões. Por vezes podemos pensar que estamos saudaveis e não! Sabe quanto tempo demora a aparecer os sintomas da SIDA? Cerca de 8/10anos após a infecção! Um individuo que fique infectado, durante esse periodo de tempo pode infectar muitas outras pessoas sem o saber!

Portanto, se a Igreja é contra o uso do preservativo tudo bem... agora deve abrir uma ou outra excepção!

Mas também discute-se muito este tema, e eu penso que isso nem tras nada de especial, pois as pessoas ignoram o que o Papa disse. Ser Catolico não é ser um "cão mandado".

Abraço

Anónimo disse...

Ao ilustríssimo anónimo anterior

"...Para além do preservativo
há a virgindade,
a continência,
a castidade,
a fidelidade em casais puros
e não contaminados!"
Não sei se foi propositado ter esquecido este texto no seu comentário!!
e também:
"...Portanto, se a Igreja é contra o uso do preservativo tudo bem... agora deve abrir uma ou outra excepção!

Mas também discute-se muito este tema, e eu penso que isso nem tras nada de especial, pois as pessoas ignoram o que o Papa disse. Ser Catolico não é ser um "cão mandado".
Muito bem que se deva abrir uma outra excepção sim:
para deficientes mentais e sexuais,
para obstinados
e aflitos pelo sexo,
para ignorantes,
para selvagens e primitivos,
para contaminados de IHV,
para criminosos e violadores.
Mas põr tudo no mesmo saco,
senhor futuro jovem médico!
NÃO!
Já agora Senhor estudante de Medicina pedia para retirar:
"Ser Catolico não é ser um "cão mandado", pelo respeito da Religião Católica e para não humilhar o cachorrinho e menosprezasr o seu colega Veterinário que deve ter mais carinho e afecto pelo cão que Vossa Excelência pelo católico cristão!

Anónimo disse...

Ao anonimo anterior: quando não se sabe o que dizer, mais vale estar calado! Tanto texto para nada... Quer a minha opinião relativemente à virgindade, continencia, fidelidade... Simplesmente uma Utopia!

O seu ultimo paragrafo não faz sentido nenhum. Se saber ler, eu não ofendo nenhum catolico! Se não esta à altura de conversar comigo,meta-se no seu beco e não diga disparatada!

Anónimo disse...

Gostei desta da utopia!Lia-a em Platão,Tomas Morus, Campanela, Lenine e Hitler!
O amigo é inteligente!Peço perdão se o ofendi! Não era essa a minha intenção.

Anónimo disse...

Está perdoado. Eu menosprezar um catolico? Amigo, eu sou catolico. Apenas tenho uma opinião diferente da do Papa quanto ao tema do preservativo. Ou acha que deveria assumir uma posição que no fundo não é a que eu concordo?

(P.S. Quanto à forma como se referiu a mim no seu comentário: Senhor Estudante, Ilustrissimo... Se foi irónico, so lamento. Se não o foi, agradeço a forma como me tratou, mas digo que não é necessário tanto. Tenho orgulho do curso onde estou, sei que é o de mais prestigio para a sociedade actual, mas sou uma pessoa como qualquer outra, e portanto gosto de ser tratado como tal.)

M.M. disse...

Tantos saberes... estão desperdiçados quando não queremos ver o que realmente se passa.
O texto acima da Aura Miguel é bem elucidativo, leiam!