segunda-feira, 9 de abril de 2012

“Uma só alma, um só coração” (Act.4,32)!


“Uma só alma, um só coração” (Act.4,32)!
.
E podíamos pensar, que os primeiros cristãos comungavam apenas da mesma fé e da mesma oração, ou tão só dos mesmos pensamentos e sentimentos! Mas parece que não!
.
Os cristãos da primeira hora, não tinham somente em comum a alma e o coração, a Palavra e a Celebração. Eles «tinham tudo em comum» (Act.2,32). E partilhavam, com a mesma alegria, a fé e a eucaristia, a carteira, o coração e o seu pão de cada dia. Não se trataria aqui, como disseram alguns, de uma “organização económica” ditada por uma certa política social! É uma coisa bem mais simples: os que rezam e escutam a mesma Palavra, os que partilham o mesmo Pão da Eucaristia, não podem senão abrir os olhos do coração e praticar a Caridade com o próximo!
.
Aliás, é interessante verificar, que essa partilha dos bens, segundo o testemunho do livro dos Actos, era «deposta aos pés dos apóstolos» (Act.2.35), diríamos que era «apresentada como ofertório» na celebração. E, a partir daí, seria distribuída aos pobres, «segundo a necessidade de cada um» (Act.4,35).

Sem comentários: