segunda-feira, 15 de abril de 2013


AROUCA CELEBRA O DIA VICARIAL DA FAMILIA

Com a presença do Bispo auxiliar do Porto, D.João Lavrador, realizou-se em Arouca, no passado domingo, 14 de abril, o Dia Vicarial da Família, no qual foram homenageados cerca de 70 casais das diversas comunidades paroquiais da Vigararia de Arouca-Vale de Cambra e que no corrente ano celebram o seu jubileu matrimonial.
No salão de festas dos Bombeiros Voluntários de Arouca teve lugar um momento de testemunho dado por três casais de diferentes idades. Nesses testemunhos foi evocado, pelo casal mais idoso, o ambiente social, cultural e religioso quer da sua infância e juventude, quer da sua vida familiar como pais e avós, assinalando a evolução vivida antes e após o Concilio Vaticano II.
O segundo casal, com 10 anos de vida matrimonial, testemunhou o seu percurso de fé e as suas vivências religiosas através no envolvimento nas diversas atividades da comunidade paroquial a que pertence, tendo focado a importância do exemplo dos pais na caminhada de fé dos seus filhos.
O casal mais jovem referiu a importância que o grupo dos Convívios Fraternos e dos Caminhos de Taizé tiveram para o crescimento e amadurecimento da sua fé.
Finalmente, o testemunho de duas irmãs adolescentes de 11 e 13 anos que referiram o seu ainda pequeno percurso de fé através da caminhada na família a que pertencem e na comunidade paroquial em que estão ativamente integradas. Terminaram o seu testemunho com um pequeno canto aplaudido por toda a assembleia que enchia o salão de festas dos Bombeiros.
Estes testemunhos foram intercalados com dois momentos musicais levados a cabo pelo grupo de cantas e cramois do Conjunto Etnográfico de Moldes que, nas suas atuações, oferecem sempre um cenário de beleza e harmonia, através dos seus belos trajes e das melodiosas vozes das sete mulheres que compõem este grupo de cantos tradicionais de Arouca.
Após este primeiro momento seguiu-se a Celebração da Eucaristia na Igreja do Mosteiro de Arouca que foi presidida por D.João Lavrador, acompanhado de todos os párocos e diáconos permanentes em serviço na Vigararia.
Durante a celebração teve lugar a renovação do compromisso matrimonial dos casais jubilados.
Durante a homilia, D.João Lavrador referiu que “a familia, constituída a partir do matrimónio entre uma mulher e um homem, é uma instituição de ordem natural. Deixada apenas à simples iniciativa humana, ela torna-se difícil de aguentar e promover. A prova-lo está a realidade cultural que hoje destrói o matrimónio e a família.”
Referindo o ataque aos valores sublimes da família, o Bispo auxiliar do Porto reconheceu a necessidade imperiosa de reabilitar a família, mas – afirmou – “ela não acontecerá sem nos alicerçarmos nesta visão renovada do amor purificado, livre já de qualquer egoísmo, individualismo, da prisão de interesse material, do acorrentar das alienações culturais e legislativas.”
Refira-se que esta celebração eucarística foi animada pelos diversos coros das comunidade cristãs de Vigararia, dirigidos por Ivo Brandão e acompanhados ao órgão de tubos pelo organista titular Nicolas Roger.
No final da celebração foi entregue a cada casal jubilado um diploma, tendo o bispo auxiliar do Porto feito um apelo para que estes casais possam também estar presentes no dia Diocesano da Família a ter lugar em Penafiel.

José Cerca





Sem comentários: