quarta-feira, 2 de julho de 2014


CONSAGRADA POR DEUS E PARA DEUS

Profissão religiosa de Lara Marli



Realizou-se no passado dia 14 de Junho, em Ciudad Real (Espanha) a profissão religiosa da jovem arouquense Lara Marli Saavedra Tavares.

Filha de José de Almeida Tavares e de Maria do Céu Alves Saavedra, Lara Marli concluiu o Curso de enfermagem em 2010, na Escola Superior de Enfermagem do Hospital de S.João no Porto, tendo posteriormente frequentado a casa das Religiosas de Maria Imaculada, em Córdova durante dois anos. De Córdova passou para Ciudad Real onde fez o Noviciado durante dois anos, acabando por professar com a idade de 25 anos.

Além de várias religiosas das diversas casas que a Congregação tem em Portugal, estiveram presentes nas cerimónias da profissão religiosa da Lara os seus pais, sua irmã Cátia e algumas das suas amigas mais próximas.

Após a sua profissão a Lara passou a residir em Braga, numa das 5 casas que esta Congregação possui em Portugal e que estão localizadas em Braga, Porto, Fátima, Lisboa e Açores.

Refira-se que as Religiosas de Maria Imaculada, tradicionalmente chamadas “do serviço doméstico”, possuem 120 casas espalhadas por 20 países. Esta Congregação religiosa foi fundada em 1876 pela madre Vicenta Maria Lopez y Vicuña, nascida em Navarra em 1847, tendo sido canonizada pelo Papa Paulo VI em 25 de maio de 1975.

O primeiro contato desta jovem arouquense com as Religiosas de Maria Imaculada inicou-se quando ela, ainda estudante universitária, frequentou um lar para Estudantes dirigido por estas religiosas na cidade do Porto.

Registe-se ainda que, desde muito jovem, a Lara se integrou ativamente na comunidade arouquense, fazendo parte da Banda Musical de Arouca onde tocou trompa e percussão, durante vários anos, tendo deixado esta associação musical em 2010. Além da música, praticou desporto, nomeadamente futebol feminino, participou em actividades dos Lyons, foi acólita na sua paróquia, fez parte do grupo dos ADS do Movimento Juvenil Salesiano, integrou a Assembleia de Escola na ESA e fez parte da pastoral universitária do Porto.

Desejamos a esta jovem religiosa arouquense as maiores felicidades para esta nova etapa da sua vida.

José Cerca

Sem comentários: